Your address will show here +12 34 56 78
Gestão voltada para resultados

No mundo globalizado e competitivo necessitamos de maior controle sobre nossos projetos, acertar mais que errar e ainda dominar os acontecimentos não esperados ao longo do ciclo de vida dos mesmos. Uma coisa que podemos antecipar é que os problemas surgirão, pois querendo ou não, o mundo tende ao descontrole e desorganização. Vamos mostrar então como fazer o gerenciamento de riscos e melhorar o controle de nossos projetos.


Gerenciamento de Riscos

Planejar é antecipar soluções, é ter um plano, um roteiro, saber o que fazer e quais caminhos seguir para determinadas situações. Planejamento é a resposta para melhorar a gestão de projetos. Já falamos sobre como especificar o escopo do projeto, gerenciar a qualidade, gerenciar as partes interessadas e agora vamos falar um pouco de outro item que faz parte da gestão de projetos: o Gerenciamento dos Riscos. Vamos apresentar 3 passos necessários para o gerenciamento de riscos e ainda disponibilizar um exemplo de um plano de gerenciamento de riscos.

 

1 – O que pode dar errado?

Estude e pesquise quais os riscos o seu projeto está exposto e assim entender os problemas que possam acontecer. Prever os riscos ajuda a prever soluções e isso é fundamental para a tomada rápida de medidas mitigatórias. No post porque a gestão de riscos pode salvar a sua empresa mostramos alguns tipos de riscos que enfrentamos no dia à dia das empresas e também um modelo que ajuda a classificar os riscos conforme a sua frequência e impacto ao projeto.

 

2 – Classifique os riscos!

Qual o impacto que um risco poderá causar em nosso projeto caso venha a se realizar? Será que haverá impacto significativo em nossos custos, cronogramas, etc ? Para responder essas perguntas temos que classificar os riscos. Um risco pode até mesmo inviabilizar o sucesso do projeto e isso deve estar indicado ao ser analisado.

 

3 – O que fazer se algo der errado?

Após ter os riscos identificados e classificados, é importante ter atitude caso algo saia do trilho. Será muito mais fácil tomar uma atitude se tivermos classificado possíveis riscos e as medidas a serem tomadas para cada um dos riscos previstos. Para essa classificação de cada risco previsto e as medidas a serem tomadas damos o nome de plano e ações de resposta aos riscos.

 

Para facilitar o entendimento criamos um exemplo bem bacana de um plano de gerenciamento de riscos que demonstra claramente para nossa especificação de escopo a identificação dos riscos, suas classificações e as medidas a serem tomadas para cada caso.

 

BAIXE AQUI NOSSO EXEMPLO DE UM PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Faça o dever de casa e realize o gerenciamento de riscos, minimize efeitos negativos que possam surgir garantindo o sucesso de seus projetos. Planejar é uma arte que é composta de vários itens e um deles é o gerenciamento de riscos. Acrescente valor ao seu planejamento e identifique, classifique e desenvolva respostas aos riscos de seus projetos.

0

Projetos eficientes

Você tem clareza sobre os seus objetivos para empreender tanto na vida profissional quanto na vida pessoal? Se ao ouvir esse tipo de pergunta você se sente angustiado pois se vê imerso em uma série de atividades que te distanciam dos seus desejos, está na hora de conhecer o que é CANVAS.  

 


CANVAS – Auxílio na estruturação dos projetos

O CANVAS é uma ferramenta bastante eficiente que visa auxiliar no processo de estruturação de um projeto, tanto nos negócios como na vida pessoal. De forma geral, a ferramenta de CANVAS facilita o gerenciamento estratégico de um projeto existente ou mesmo que ainda está no papel. Trata-se de um mapa simples e visual que aborda os principais aspectos a serem considerados para que o projeto se torne realidade.

Embora o CANVAS não substitua o tradicional plano de negócios, ele é uma ferramenta simplificada que pode ajudar no ganho de competitividade devido à agilidade que proporciona.   Para construir o seu CANVAS você deve preencher nove campos baseados em quatro pilares essenciais de estruturação. O mapa conta com um layout bem definido que você pode baixar no link que fornecemos ao longo do texto.

Com o mapa em mãos, você pode compreender um pouco melhor o que são os quatro pilares:  

  • Infraestrutura: diz respeito à avaliação dos recursos disponíveis para se chegar ao valor do produto ou do serviço pretendido. No campo pessoal, a estrutura pode ser habilidades e competências que você conta para promover sua mudança ou realizar seu projeto.  
  • Oferta: refere-se ao produto e serviço oferecido ao consumidor e sua proposta de valor. No campo pessoal, a oferta pode ser aquilo que você não é capaz de realizar e executar sozinho e necessita de auxílio para realizar seu objetivo.
  • Cliente: trata-se do seu público alvo, quem você pretende atingir com seu produto ou serviço. Nesse pilar também são avaliados os canais de contato com o consumidor (distribuição e marketing) e o relacionamento estabelecido durante e após a venda. Quando usamos o CANVAS para a execução de um projeto pessoal, o “cliente” pode ser nós mesmos, isto é, aquilo que precisamos fazer para nos sentirmos satisfeitos com nossas atividades em prol de nosso objetivo.
  • Finanças: abrangem custos gerais e as fontes de receita da empresa. Durante o processo de modelagem e ideação de uma empresa, recomenda-se que o quadro seja completado com post its para facilitar o processo de preenchimento e visualização, incentivando a reflexão sobre aspectos, dificuldades e vantagens relativos ao seu projeto.

 

 


Por que fica mais fácil inovar com o CANVAS?

O CANVAS possibilita que você tenha uma visão objetiva do seu projeto, fazendo com que você entenda melhor o potencial da sua futura empresa e possa atingir seus objetivos com maior assertividade. O CANVAS proporciona clareza, direcionando a ação e consequentemente aproximando você dos resultados que deseja.   Além de ser útil para negócios que estão começando, o CANVAS também ajuda as empresas a reverem seu modelo de negócio e como seus setores interagem permitindo assim que se inove em processos internos.



Model Canvas curvas

Baixar tela modelo CANVAS em alta resolução

 

Quer saber mais sobre gerenciamento de projetos? Então continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre o software HINC. Nós oferecemos diversas soluções permitindo que você gerencie planos de ação, indicadores de desempenho, fluxo de informações, agendas de equipes, comunicação entre projetos e usuários; tudo de forma integrada e muito segura.

0