Gestão de pessoas, Sem categoria

5 alertas que mostram que a produtividade não vai bem

Quando falamos em gestão, não podemos deixar de lado o fator produtividade. Afinal, gerenciar bem um time significa manter todos os seus integrantes engajados, sincronizados e motivados, alinhados com o objetivo de sempre apresentar melhores resultados, não é? Gerir uma equipe significa muito mais do que simplesmente dar ordens e coordenadas. Engloba uma série de atitudes proativas e inteligentes que o gestor deve ter para identificar baixa produtividade, falhas e dificuldades, bem como potenciais e qualidades.   A sad Caucasian businessman with question mark over his head showing that he is in a big trouble. . A contemporary style with pastel palette, soft blue tinted background. Vector flat design  

Neste sentido, torna-se essencial compreender o cenário em que atua sua equipe, quais as condições de trabalho que encontra, as adversidades que enfrenta e as ferramentas que tem em mãos para agir. Além disso, é importante descobrir quais são os principais entraves que a equipe está enfrentando para desenvolver um bom trabalho, ágil, de qualidade e produtivo, a fim de prover as soluções necessárias para alavancar o rendimento. Conhecer as causas é fundamental para encontrar saídas.

E se você tem o grande desafio de gerenciar um grupo e está procurando uma luz para entender onde estão os possíveis problemas que travam sua equipe, impedindo-a de ser produtiva, criativa e com desempenho satisfatório, talvez este conteúdo possa te ajudar! Confira a seguir um breve resumo dos principais motivos:

1. Falta de motivação

Esse sem dúvida é um dos principais fatores. Embora esteja refletido em uma série de outros pontos, como os que falaremos a seguir, a motivação depende principalmente de engajamento da equipe (entre si ou com o gestor) e do exercício de uma liderança que não se imponha declaradamente, mas que sutilmente saiba conquistar, estimular e influenciar para que todos joguem juntos. De planos de carreira, horários flexíveis quando possível, cursos de capacitação e treinamentos, até um elogio sincero e cabível do gestor, sua equipe pode esperar coisas essenciais para se sentir motivada e é necessário ter sensibilidade para descobri-las. Motivar vai além de passar boas energias e pode significar dar um bom suporte e boas condições de organização e gerenciamento de tempo para que sua equipe realize o trabalho.

2. Falta de sincronia com os objetivos da empresa

Para começar, é importante que naturalmente sua equipe se sinta com objetivos em comum com a empresa. Traçar o perfil dos colaboradores e investir nas contratações certas garante que se tenha um bom time, qualificado e que principalmente tenha valores similares aos da empresa, objetivos profissionais e visão coerentes com ela. Assim, os funcionários “vestirão a camisa” e lutarão todos pelos mesmos propósitos, o que garante trabalho em equipe e maior produtividade.

Depois disto, é necessário saber se mesmo se identificando com a cultura organizacional, a equipe está por dentro das metas e do planejamento que a empresa faz para alcançar determinado resultado. Por exemplo, é possível que a equipe seja realmente parceira da empresa, mas não tenha entendido qual o verdadeiro objetivo de determinado projeto ou campanha, e por isso esteja usando as ferramentas erradas ou indo por caminhos equivocados. Neste ponto, o trabalho de comunicação interna é crucial. É necessário montar uma estratégia, definir plano de ação, alocar corretamente recursos e comunicar tudo isto à equipe, acompanhando-a sempre.

3. Falta de abertura com os níveis superiores

A hierarquia existe e ela deve ser respeitada, mas nem sempre a figura do gestor deve significar autoridade sobre tudo. O gestor, como líder, deve aproximar-se da equipe como alguém que não só manda, mas igualmente trabalha em equipe. Só assim, inclusive, dando o exemplo, é que ele poderá disseminar a cultura do trabalho em conjunto. Ter plataformas que otimizem a comunicação também ajuda muito.

É necessário, sempre que possível, horizontalizar a comunicação para não engessá-la e permitir que sua equipe tenha espaço para transmitir a seus superiores alguma mensagem essencial, discorrer sobre problemas, dificuldades e até mesmo dar sugestões. Saber o que o líder planeja e entender como ele exerce suas competências ajuda inclusive todos a se espelharem e também procurarem desenvolver-se melhor como profissionais individualmente e evoluir junto com a empresa.

4. Falta de espaço para feedback e avaliações de resultados

O funcionário muitas vezes é aquele que enfrenta cara-a-cara os desafios do dia-a-dia de trabalho e por isso preocupar-se em ter o feedback de sua equipe é essencial para garantir que ela seja mais produtiva. Muitas vezes o que causa a baixa produtividade é justamente a equipe enfrentar problemas que não são valorizados e muito menos resolvidos. É, inclusive, em brainstormings que podem surgir boas ideias e a falta de comunicação também traz o risco de bloquear a criatividade. É necessário definir objetivos, indicadores e metas, e monitorar o desempenho focando nos resultados.

Promover avaliações constantes também serve para ajudar a equipe a conhecer seus próprios pontos fortes e fracos e identificar caminhos para melhorias, promovendo autoconhecimento. Em avaliações positivas, inclusive, é possível aumentar a produtividade da equipe mostrando reconhecimento e incentivando a produzir sempre mais.

5. Falta de condições adequadas de trabalho e de ferramentas auxiliadoras

Por fim, tudo se amarra aqui: se sua equipe tiver espaço para mostrar o que está dando certo e o que está dificultando o trabalho, você poderá saber como promover um ambiente de trabalho cada vez mais amigo da produtividade, eliminando fatores que possam causar distração ou atrasos.

Sua equipe sente que está sobrecarregada? Que encontra dificuldades em gerenciar os dados, em se concentrar em cada tarefa de uma vez? Ferramentas aliadas de tecnologia, como softwares customizados, podem ajudar na produtividade, desafogando o trabalho, ajudando a organizar melhor os processos e agilizá-los, integrando dados e permitindo que sua equipe tenha foco no business. Além disto, ajuda a definir agendas e alertas automáticos, fluxos de processos e gerenciamento de recursos, o que vai fazer tanto você quanto seu time ganharem em tempo e rendimento!

E agora, já sabe o que pode estar faltando para aumentar a produtividade de sua equipe? Compartilhe conosco nos comentários!

Banner HINC