Depoimentos, Sem categoria

Como a Continente Construtora conseguiu melhorar o desempenho após identificar fatores críticos.

A Continente Construtora e Incorporadora é uma empresa familiar e profissionalizada, que passou a agregar valores e novos conceitos tanto para a organização como para seus parceiros, colaboradores e sociedade. Atuam na construção civil, construindo oportunidades de investimentos seguros em bens imóveis, edificando com qualidade, segurança, sustentabilidade e conceito arquitetônico. A empresa está completando 10 anos de atuação, e atualmente conta com uma equipe de 14 colaboradores diretos e gera 50 empregos indiretos.

Fatores críticos

Em busca de melhoria na gestão e alinhamento estratégico, a Continente implantou o HINC e, além disso, participa do trabalho de Alinhamento Estratégico a partir da biografia da empresa, conduzido pelo gestor Marcel Pedral. Este trabalho é oferecido pela NPU e foi contratado pela empresa para melhor análise de cenários do ambiente externo, identificação de fatores críticos do sucesso do ambiente interno, formulação de planos de ação para a empresa e controle e desenvolvimento de seus indicadores e metas. Para contar essa história, conversamos com o Diogo Guarienti Alves, sócio-proprietário da Continente. Post Case Continente

Auto-Conhecimento

De acordo com Diogo, “este tem sido um trabalho de auto-conhecimento da própria empresa, e com a participação do Marcel tem-se conseguido concluir as etapas com maior produtividade e assertividade.” Ficou mais claro que tem sido muito maior a participação dos colaboradores dentro dos valores da empresa, melhorando a implementação no dia a dia da operação e das atividades. Diogo também percebeu que “entre os líderes da empresa está havendo maior engajamento de todos, com reuniões e feedbacks frequentes”. Em relação aos indicadores da empresa, alguns deles já estão em uso. Com a conclusão das questões-chave para atender à missão e visão estratégica, a Continente tem a perspectiva de fazer uma revisão de quais indicadores são importantes neste momento e quais deles não se enquadram na visão futura da organização.

Foco nas soluções

De uma maneira geral, temos agido direcionando nosso foco para os problemas, sem propósitos claros. O caminho parece muito mais longo e, quase sempre, nos leva a um lugar onde não gostaríamos de estar e, com isso, gastamos mais energia do que o necessário. Manter o foco na solução das tarefas é uma ótima maneira de atingir os objetivos que traçamos para nossa vida e trabalho. Esse foi um dos maiores resultados que o Diogo observou com a realização do trabalho do HINC em conjunto com o Alinhamento Estratégico na Continente. Além disso, eles conseguiram definir melhor a distribuição de responsabilidades e melhoraram a comunicação entre setores, atendendo seus valores de excelência operacional e um ambiente interno de colaboração.

Relacionamento

Muito se fala da importância da qualidade do produto que é entregue ao cliente. Porém, além de ter um produto de qualidade, manter o relacionamento com os mesmos é a melhor forma de garantir que ele esteja envolvido constantemente no ciclo da sua empresa. Segundo Diogo, a Continente Construtora e Incorporadora indica o HINC e o trabalho de Alinhamento Estratégico desenvolvido pela NPU, por terem recebido um serviço muito bem desenvolvido com a equipe, assertivo em questões que aumentam a produtividade e apresentam melhorias