Gestão estratégica, Sem categoria

Como lidar com a inovação, digerir mudanças e se adaptar à cultura da empresa?

Lidando com a inovação

Mudança. Essa palavra normalmente causa um sentimento de medo em nós, seres humanos. Talvez pelo medo do desconhecido, talvez pela incerteza da sobrevivência, talvez pela desconfiança que algo melhor realmente poderá acontecer. O importante é definir como encarar o medo e ir em frente, mesmo que a boca fique seca ou que a mão fique suada.

Hinc - Inovação

Normalmente, todo ser humano tem medo. O medo é benéfico desde que sirva como alerta, o problema é quando o medo nos paralisa. E o que fazer se existir paralisia e confronto em relação à inovação? Listamos algumas ações que podem ajudar:

  1. Adquirir consciência destes sentimentos, buscar se conhecer e conhecer a cultura da organização, e se inteirar do assunto que diz respeito à inovação proposta;
  1. Identificar e conhecer melhor os agentes de mudança, os líderes, as forças impulsionadoras e as contrárias. Ser imparcial e sentir o que realmente encaixa com a sua opinião;
  1. Buscar evidências e fatos históricos que ajudem a ter coragem para se adaptar à nova realidade;
  1. Buscar consciência para identificar se a imagem mentalmente construída que causa medo realmente é real ou se é ilusão;
  1. Construir um ambiente de sinergia e franqueza entre a liderança e a equipe, embasado no resultado, na fronteira de desenvolvimento que faz com que a organização foque em inovação;
  1. Levar em consideração a variável tempo. Saber como trabalhar levando em consideração o tempo, tanto para conhecer e aprender quanto para desenvolver uma nova competência. Ter consciência se existe esse tempo;
  1. Como se comunicar. É importante sempre deixar clara a sua opinião, algumas vezes com cuidado ao se colocar, saber como dizer um sim ou um não, saber como dizer um talvez ou até saber pedir um tempo para pensar.

Enfim, muitas vezes é preciso se conhecer para digerir as mudanças; ter abertura e coragem para se manifestar em prol da mudança e da inovação; e buscar sempre a coerência entre pensar, sentir e querer.

É possível buscar a tecnologia como aliada. Nós da NPU utilizamos o HINC como plataforma de gestão para resultado. Com o tempo conseguimos organizar praticamente todos os dados da organização (histórico interno (equipe) e externo (clientes NPU)). Com isso, ativamos o processo de conscientização para tomada de decisão, pois através de fatos e dados estruturados (planos de ações, fluxos, indicadores e uma comunicação eficiente) conseguimos atuar no dia-a-dia, digerindo mudanças e atuando diretamente na cultura da empresa, contribuindo assim com o processo de inovação.

Banner pronto