Gestão de pessoas

Temperamento: Faça o teste e descubra o seu e as influências que ele tem no seu estilo de liderança

A maioria dos líderes, nas grandes organizações, tem contato com vários temperamentos diferentes. Para avaliar as pessoas e seus temperamentos faz-se uso de tipologias e metodologias, por meio dos treinamentos providos pelas áreas de RH. Se você está no papel de liderar pessoas pode ser extremamente útil identificar esses temperamentos em si mesmo e nos seus liderados.

Na Grécia, Hipócrates já analisava as características do homem explicadas pelo “tempero” de diversos elementos, como terra, água, ar e fogo. Mas foi no final do século XIX que Steiner renovou esses conhecimentos sobre temperamentos humanos. Na sua visão, os temperamentos regem os nossos impulsos mais profundos. Devido a isso temos pouco controle sobre ele, ou seja, não se muda o temperamento, apenas se educa a manifestação.

Preparamos uma breve introdução sobre temperamentos humanos, suas características, além do comportamento nas organizações e dicas de como lidar com cada um. Ao final desse post, disponibilizamos um teste para que você possa identificar qual é o seu temperamento dominante.

Cada pessoa nasce com um temperamento dominante e carrega-o para o resto da vida. Possuímos um temperamento dominante, dois que o acompanham e um que não reconhecemos. Os 4 temperamentos humanos são: colérico, sanguíneo, fleumático e melancólico.


Temperamento Humano e um teste

Temperamentos e suas influências no estilo de liderança


1. Colérico

Associado ao elemento fogo.

Características: excesso de eu, olhos fogosos que faíscam, passos fortes e firmes. Impositivos e com ideias elevadas. Têm certa impulsividade e reatividade, buscam imagem do herói, tomam iniciativa. Comandam e lideram, têm certa dominância e intensidade. Têm senso de justiça forte, e ao mesmo tempo em que sabem punir, também sabem perdoar.

Nas organizações: é muito comum em posições de liderança, vivem na ação, são realizadores, têm iniciativa e não gostam de ouvir. Além disso, são muito motivados pelo desafio.

Como lidar: não confrontar, deixar o “fogo se extinguir”, enfrentar sem brigar, dar tarefas difíceis. Não abaixar o olhar, pois ele perde o respeito. Não levantar a voz, pois ele levantará mais e em pouco tempo estarão gritando. Não ter medo do ataque, pois ele esquece rapidamente. Dar desafios.


2. Sanguíneo

Associado ao elemento ar.

Características: altamente excitáveis, têm olhar inquieto, alegre e atento, andar leve e saltitante. Correm o risco de ser superficiais e nervosos, por lidarem com muitas coisas ao mesmo tempo e se interessarem por tudo, não conseguindo se aprofundar. Possuem certa dificuldade de concretizar e são criativos e flexíveis. Expressam-se bem, mas podem se enrolar. Otimistas, cheios de entusiasmo, pouca força de vontade, e misturam sonho e realidade.

Nas organizações: também são maioria, amigos de todos e gostam de conhecer pessoas. É difícil conflitar com eles, são escorregadios e estão envolvidos em várias coisas ao mesmo tempo. Gostam de mudanças e de inovar.

Como lidar: encontrar o real interesse, ter mão firme com respeito e veneração. Repassar atividades diferentes, dar liberdade para inovar e não repassar tarefas de longo prazo. Fazer acompanhamentos no final.


3. Fleumático

Associado ao elemento água.

Características: têm olhar amigável, mas sem brilho. Expressam satisfação, têm certa comodidade interior e andar arrastado. Prestam atenção nos detalhes e têm prazer na alimentação. Exalam bondade e alegria de viver. Falam pausado e são bons ouvintes. Têm certa tendência ao conservadorismo, dificilmente se expõem e também têm tendência ao sobrepeso.

Nas organizações: sua força está no devagar e sempre. Em crises, mantêm a calma e conseguem seguir a rotina normalmente. Trazem resultados sólidos e consistentes, são bons ouvintes e observadores, e bem humorados. Dão importância aos ritmos do corpo: atrasar refeições os deixa irritados.

Como lidar: criar espaço para falar e espaço de convivência. Não tentar tirá-los do ritmo, apressá-los, pois se atrapalham. Gostam de tarefas programadas e reuniões periódicas agendadas com antecedência. Se tirados do seu centro, podem “explodir” ou ter ataques de fúria.


4. Melancólico   

Associado ao elemento terra.

Características: apresentam certa preocupação e possuem expressão séria, de sofrimento. Têm olhos com pouco brilho e são sensíveis. Apresentam andar pausado e vergado para frente. Profundidade e introspecção. Fiéis, sinceros e exigentes consigo mesmos. São de poucos amigos e muito atraídos pela intelectualidade. Além disso, têm dificuldade de aceitar outros pontos de vista.

Nas organizações: são conhecidos pela sua profundidade e por serem muito estudiosos. Em projetos, são bons para avaliar o que pode dar errado (riscos). Fazem diagnósticos profundos e precisos, e são capazes de grades sacrifícios. Se líderes, conseguem identificar todas as inconsistências, e perdem o respeito pelos que erram sempre.

Como lidar: criar obstáculos reais e chamá-los para resolver questões profundas, pois são orientados para o dever. Não tentar alegrá-los, pois não gostam. Também não gostam de trabalhos superficiais e são muito exigentes. Ter um líder melancólico é uma ótima oportunidade de aprendizado, seu trabalho sempre pode ser melhorado.

Contudo, é importante ressaltar que existe uma oposição entre os temperamentos. O Fleumático raramente apresenta sinais do temperamento Colérico, e o Sanguíneo e o Melancólico são incompatíveis. No entanto, cada temperamento tem dois companheiros, os quais variam em intensidade e aparência.

Faça agora seu Teste de Temperamento:

Às vezes é difícil identificar o temperamento e se você tem essa dificuldade, é recomendável que procure pelo temperamento que não está presente. A ausência das características de certo temperamento pode indicar que o seu temperamento é exatamente o oposto. Lembrando que o temperamento em si não pode ser mudado, mas a forma como se expressa pode ser educada ao longo da vida.

Como líder, conhecer os temperamentos torna-se importante para gerir melhor as competências e dar feedbacks para que o outro possa atuar sobre seu padrão de ação.

Teste de temperamento

 

 

Deixe um comentário com o seu resultado.

Banner HINC no post Temperamento

Autor


Avatar

Maristela Franco Paes Leme

Consultora em desenvolvimento humano e organizacional.