Gestão de pessoas, Sem categoria

Gestão de Pessoas pode contribuir para as empresas atingirem seus resultados?

Temos com mais frequência o aumento da diversidade que impactam nos objetivos de sucesso das corporações: Mercado competitivo – e cada vez mais instável-, pessoas no mercado de trabalho sem qualificações específicas, mesclagem de faixa etária das pessoas, entre outras. Neste cenário, como a Gestão de Pessoas pode contribuir para as empresas atingirem seus objetivos? Desenvolvimento constante é um bom caminho.

Gestão de Pessoas

O posicionamento da área de Gestão de Pessoas nas corporações é o ponto inicial para contribuir para o sucesso. Já passou o tempo onde o foco desta área era o controle dos processos. Hoje necessitamos de um desenvolvimento da área de Gestão de Pessoas, muito além do acompanhamento  dos indicadores estratégicos.   Human_Resource_Management_System  

Nova visão – Novos desafios

  É necessário construir planos de desenvolvimento específicos. Para essa construção é importante, considerando os procedimentos estabelecidos de cada área, estar próximo dos lideres para identificar as habilidades de seus colaboradores.   A valorização da diversidade na Gestão de Pessoas possibilita identificar os profissionais que tragam soluções para as demandas que o mercado exige. Hoje as maiores dificuldades não estão na condução dos processos operacionais, mas sim na identificação do perfil de cada profissional, e por conseguinte, no planejamento de plano de desenvolvimento eficaz para contribuir nos objetivos gerais da organização.   Por isso o entendimento efetivo da área de Gestão de Pessoas sobre as metas e objetivos de curto, médio e longo prazo das organizações é de fundamental importância para desenvolver planejamento de desenvolvimento capaz de identificar, mapear e atuar de forma clara com cada profissional.  

Quais mudanças devemos considerar:

  Para essa identificação, é importante ter consciência que a visão dos profissionais sobre os negócios mudou significativamente nesta última década. Dentre essas mudanças podemos considerar:
  • Desenvolvimento da carreira, não necessariamente na mesma organização;
  • Necessitam de reconhecimento constante;
  • Buscam desafios para seu desenvolvimento;
  • Expectativa de crescimento profissional rápido;
  Nesta visão, a Gestão de Pessoas deve como foco de atuação desenvolver pessoas para mudanças reais do cenário do mercado onde sua empresa está inserida. Não basta apenas número de horas de capacitação, mas sim mapear quais os desafios que os profissionais necessitam, e após isso, desafia-los.

Como realizar desafios aos colaboradores? Segue algumas sugestões:

 
  • Possibilitar espaços de trocas de experiência;
  • Rodas de conversas produtivas;
  • Laboratórios de Inovação;
  • Rodízio de atividades em projetos específicos.
 

Caminhos para um plano de sucesso:

  Dentro do alinhamento das estratégias da organização e a missão da área de Gestão de Pessoas, um plano de sucesso para o desenvolvimento acontece através do seguinte caminho:
  • Transparência nos objetivos e metas da organização;
  • Clareza nos objetivos de cada área da empresa;
  • Entendimento do que necessita cada área;
  • Construir perfil de cada cargo, alinhando a real necessidade de habilidades, conhecimentos e experiência do profissional;
  • Processo seletivo voltado para identificação de profissionais com perfil para resolução de problemas;
  • Desenvolvimento das lideranças.
  • Proximidade efetiva e constante dos líderes

Novas fórmulas:

Os desafios propostos passam inevitavelmente pelo desenvolvimento das lideranças. Parece ser uma formula repetida, mas digamos que os ingredientes sim, mas a fórmula deve mudar. Muito além do desenvolver as lideranças com horas de capacitação, é necessário desenvolver os líderes para escuta, percepção, e preparar os profissionais para desafios. Preparar para desafios é coletar informações do que está sendo realizado, e principalmente como está sendo realizado.   Cada vez mais é necessário que a Gestão de Pessoas atue diretamente em cada área da empresa conhecendo suas particularidades. É possível a área de Gestão de Pessoas fazer isso sozinha? Todos os colegas que trabalham na área responderam um sonoro: NÃO!   Nesta perspectiva a Gestão de Pessoas tem que buscar uma mudança de posicionamento estratégico na organização. Buscar um posicionamento como consultoria interna, sendo um fornecedor de serviços, que também tenham suas metas bem claras.   Portanto, a Gestão de Pessoal,se posicionando como um consultor interno, se aproximar de cada área da empresa conhecendo suas particularidade, desenvolver lideranças, e propor desafios aos colaboradores, é um bom começo para o desenvolvimento contínuo dentro das organizações.  

Leia também: Por que indicadores de desempenho são tão importantes para o RH?