Gestão de processos e rotinas, Sem categoria

Cinco motivos para adotar a gestão de processos

O conceito da Gestão de processos une gestão de negócios e tecnologia da informação, tendo como objetivo principal a otimização dos resultados nas empresas através da melhoria de seus processos. Através da Gestão de Processos, a alta direção de qualquer empresa pode, por exemplo, enxergar gargalos, atrasos, custos das tarefas, freqüências, processos concluídos e etc. Com isto, torna-se possível a análise de fatores cruciais para o bom desempenho da organização de forma fácil e com a rapidez necessária para a tomada de decisões.

  trendbox-graph  

Abaixo listamos cinco motivos para a adoção da gestão de processos.

 

1° Retorno sobre o capital empregado operacional (ROCE)

Para avaliarmos a lucratividade de uma empresa não basta olharmos para as margens obtidas (Lucro em relação às Vendas). O que precisamos fazer é comparar o Lucro em relação ao Ativo. Um volume excessivo de fundos presos no Ativo, por exemplo, pode ser um obstáculo à lucratividade devido aos elevados dispêndios que isto gera. Com a Gestão de Processos, é possível medir e monitorar o desempenho dos ativos da companhia, antes de se considerar o efeito do financiamento. Assim, a gestão dos ativos torna-se muito mais eficaz, elevando a rentabilidade do capital empregado da organização e tornando-a mais atrativa tanto para seus atuais acionistas como para possíveis novos investidores.  

2° Objetivos das decisões financeiras

Várias atitudes que normalmente são tomadas por executivos que não implantam nenhum modelo de Gestão de Processos podem elevar o lucro hoje, mas ao mesmo tempo acabam prejudicando o desempenho de longo prazo da empresa.  Como exemplo, o corte sem critério de custos, a postergação da manutenção de equipamentos, a redução de gastos em controle de qualidade, etc. Porém, através da Gestão de Processos é possível perceber que o mais importante não é maximizar o lucro hoje, mas sim o valor presente dos fluxos de caixa futuros gerados pela empresa, isto é, seu valor intrínseco. Os fundamentos das empresas reagem prontamente à qualidade das decisões tomadas pelos seus administradores, e tanto a qualidade destas decisões quanto os fundamentos das empresas estão intimamente ligados aos processos praticados pela organização.  

3° Redução de custos e despesas operacionais

Uma Gestão de Processos bem elaborada, implantada e gerida contribui para uma eficaz e saudável redução de custos e despesas operacionais, elevando o lucro econômico da organização, como por exemplo: – processos de Compras contribuem para a compra de insumos mais baratos (mas com qualidade similar); – automatização do processo produtivo contribui para elevar a produtividade da mão de obra; – processos administrativos contribuem para a redução de despesas administrativas; – processos comerciais ajudam na redução de despesas comerciais; – aumento da margem bruta através da otimização do mix de produção.  

4° Redução do Custo de Capital

O custo de capital envolve o custo de financiamento da organização, seja capital próprio ou capital de terceiros. A Gestão de Processos contribui para que o administrador da empresa consiga tomar dívidas mais baratas para a empresa, sem comprometer o longo prazo. Além disto, será possível ao administrador da empresa reduzir o nível de risco financeiro e operacional da empresa, através de ações que estabilizem a geração de caixa operacional, reduzindo o retorno mínimo exigido pelos acionistas (uma vez que o risco terá diminuído). Estas ações irão contribuir para a redução do Custo de Capital da empresa e, conseqüentemente, para a melhoria na geração de valor e riqueza da organização.  

5° Dinâmica Empresarial

O mercado de bens e serviços é dinâmico e se transforma rapidamente. Mudanças nos gostos dos consumidores podem elevar ou diminuir a demanda por bens e serviços. Com isto, a Gestão de Processos torna-se de suma importância, pois através dela a organização saberá não apenas quais processos precisam e estão sendo tomados atualmente, mas também facilitará futuras revisões e adequações às alterações nos mercados de bens e serviços. Uma Gestão de Processos eficaz ajudará a empresa a conseguir se adequar aos mercados de forma dinâmica, tal qual estes mercados exijam, permitindo que estas mudanças contribuam de forma sustentável na redução de custos e elevação da produtividade da organização.   A Gestão de Processos é cada vez mais necessária e utilizada no mundo empresarial, pois é fundamental para nortear a otimização dos resultados nas empresas através da melhoria de seus processos, tornando-se ponto central no planejamento e na gestão das empresas.

Leia também: Vantagens do uso da tecnologia na gestão estratégica