Gestão de pessoas, Reflexões do dia-a-dia, Sem categoria

O equilibrista – Vida Pessoal X Vida Profissional

Atualmente ouvimos que as pessoas buscam qualidade de vida, seja na vida pessoal e/ou no trabalho. Na vida pessoal temos amigos, familiares, redes de relacionamento, problemas, etc. E no trabalho temos metas, problemas, realizações, cronograma e por aí vai… Então, como conciliar?   Nesta busca incessante nos surge um questionamento nada simples de responder: como manter o equilíbrio entre vida pessoal x trabalho?   Partindo desse questionamento, podemos levantar alguns pontos, que podem divergir entre nós, mas que merecem nossa reflexão:  

Conseguimos separar nossa vida pessoal de nossa vida profissional?

O que é importante para você?

Quais são suas prioridades?

  Somos seres únicos e infelizmente não conseguimos ser uma pessoa em casa e outra no escritório. Podemos até mergulhar em atividades para não lembrarmos a briga com o cônjuge, da doença do filho. Mas, uma hora isso vai nos influenciar. o equilibrista Pesquisas apontam que uma pessoa infeliz no âmbito pessoal, apresenta maior propensão a ser insatisfeito no trabalho. Por esse motivo, precisamos de equilíbrio. Como falamos: o que é importante para você e quais são suas prioridades?  

O equilibrista

O equilíbrio vem daí, saber dosar as duas coisas: trabalho e vida pessoal. Precisamos e buscamos ser felizes, acompanhar os filhos crescerem, dar um abraço naquele familiar querido ou conversar com um amigo que há tempos não vemos. São coisas simples, não são? Mas que fazem você nesse momento refletir e dar um leve sorriso, concordando comigo.   Não podemos viver apenas para o trabalho, muito menos apenas para o lado pessoal. Precisamos dosar esta relação para sermos bem sucedidos!!!   Ser bem sucedido é estar apoiado por um tripé: trabalho, família e saúde.   De que adianta trabalhar demais e perder a saúde? Ou não ver o tempo passar? De que adianta cuidarmos da família e saúde, se não podemos prove-los? Sempre sofremos exigências externas em algum momento, horas do trabalho, horas da família. Ambos requerem nossa participação, tempo e dedicação. Para isso precisamos ser tal qual um equilibrista de circo, seguindo em frente obstinadamente sem perder o foco no que garante nossa identidade e paz.  

Deixo aqui algumas dicas simples, que você já deve conhecer.

– Dedique-se ao trabalho enquanto estiver no trabalho. Procure não perder tempo com distrações, se entregue e seja apaixonado pelo que faz;   – Após suas 8, 10 horas de trabalho, dedique-se à sua família e dê atenção ao que realmente importa em sua vida, pois costumamos não dar valor e depois de uma perda, sentir falta;   –Gerencie seu tempo. Saiba o que você está fazendo e quanto tempo leva para realizar suas tarefas.   – Defina prioridades. Esta é a melhor forma de saber o que você está fazendo e o que é necessário no momento.   – Saiba dizer não. Às vezes é necessário dizermos não para certas situações, preocupando-nos em não ultrapassar nossos limites do corpo e da mente.   –Exercite-se. Praticar alguma atividade física é ter uma válvula de escape que liberará em sua corrente sanguínea diversos hormônios (endorfina, serotonina, etc…). Estes auxiliarão no relaxamento, aumento da imunidade e melhoria da disposição física.   Lembre-se: manter o equilíbrio é uma arte, por isso tenha tempo para o que é importante para você. Trabalhe bem, mas não deixe de viver intensamente todas as emoções positivas. Seja um artista da vida, seja um equilibrista.