Your address will show here +12 34 56 78
Projetos eficientes

Na era digital em que vivemos, a comunicação é cada vez mais veloz, as inovações crescem exponencialmente e novas tendências surgem a cada dia no mercado. É neste contexto que vemos aumentar a taxa de adoção da metodologia ágil nas empresas.

 

Leia: Metodologias Tradicionais x Metodologias Ágeis

 

Com a metodologia ágil, além de velocidade, seu time fica focado no cliente para atender rapidamente suas necessidades e também responder às  tendências do mercado. Garantir a satisfação do cliente e entregar valor é o que faz a diferença quando seus clientes tem cada vez mais opções disponíveis.

 

Ser ágil é ter produtividade no time, capacidade de resposta, foco no cliente e velocidade. Se sua empresa não for rápida o suficiente para responder aos clientes e as suas necessidades, que estão sempre em mudança, provavelmente  você estará perdendo negócios ou sendo substituído por outras empresas.

 

A metodologia ágil pode te levar a uma posição diferenciada. Como as necessidades dos clientes e o mercado estão mudando, o planejamento ágil incorpora capacidade de adaptação rápida. Além disso, as entregas incrementais ajudam na evolução do processo e do produto. Do ponto de vista da comunicação com o cliente, a transparência garante que você saiba exatamente o que seu cliente quer de você,  e por outro lado, o cliente também saberá o que você está fazendo. Assim, não se gasta tempo e recursos fazendo o que não agrega valor. Por fim, você sabe em que sua sua equipe está trabalhando e caso exista necessidade de mudança, rapidamente você vai conseguir identificar onde mexer.

 

Princípios da metodologia ágil:

 

Foco nas entregas: Você não precisa ver o cenário completo do projeto a todo momento, é melhor focar no que precisa ser entregue, abrindo o trabalho em pequenas tarefas.

Adequação a mudança: Se a necessidade de mudança é evidente, não exite em fazê-la.

Interação com cliente: Mantenha a interação com seu cliente, só ele pode dizer se o que você está fazendo está criando valor para ele.

Interação com time: Faça breves atualizações diárias do cronograma em reuniões em pé, assim cada membro do time dirá em que está trabalhando e onde precisa de ajuda.

Lições aprendidas: Quando o trabalho terminar, reflita o que deu certo e o que não funcionou. Leve as lições aprendidas para o próximo projeto, assim seu time vai melhorar os resultados sempre.

 

Dicas práticas de como começar:

 

Faça reuniões diárias em pé. Cada membro usa 1 a 2 minutos para dizer o que está fazendo e quais as dificuldades, assim o gerente de projeto poder ajudar a superar as dificuldades.

 

Use um quadro de tarefas. Mostramos no post ENTENDENDO O CANVAS como podemos estruturar visualmente os principais aspectos a serem considerados no projeto. Aqui mostramos como organizar as tarefas(estórias) visualmente. Para isso, divida um quadro branco em linhas (cada estória em uma linha) e 5 colunas, sendo elas: estórias, fila de espera, em progresso, verificação e realizado. Use post-its para colocar o nome da tarefa nas colunas que elas se encontram. Você pode marcar este post-it da tarefa com outro post-it para identificar quem está fazendo a tarefa, ou pode escrever o nome da pessoa no próprio post-it da tarefa.

 

Use estórias para priorizar as tarefas. Uma estória ajuda a definir o que se quer, para resolver o que e com que objetivo. Cada estória é uma linha do quadro de tarefas.

 

 

Cuide do processo, mas não esqueça das pessoas. As pessoas estão por trás dos processos, assim, estes somente funcionarão se elas forem consideradas, ou seja, ouça os clientes e comunique com seu time.

 

 

Levante lições aprendidas. Com as perguntas, “o que funcionou?”, “o que poderia ter sido melhor?” e “o que podemos melhorar na próxima vez?” pode-se engajar a equipe e ter melhorias contínuas nos resultados.

 

 

Estimule a equipe a falar de falhas e dificuldades. Se os problemas que surgirem no dia-a-dia não forem discutidos, a chance deles escalarem aumentará. Assim, as falhas precisam ser vistas como oportunidades de melhoria. Estas podem estar dispostas ao lado do quadro de tarefas.

 

 

Gerente de Projetos ágil

Sobre o gerente de projetos ágil, ele não é necessariamente o líder do projeto. A liderança vai emergir em diferentes fases do projeto dependendo da expertise que cada membro trará para guiar o time para a melhor solução. O gerente de projetos tem que saber construir um ambiente que permita que membros do time assumam este papel de liderança, baseado principalmente na confiança entre os membros, no gerente de projeto e na empresa. Esta confiança será desenvolvida a medida que os membros conhecerem os pontos fortes e fracos de cada um.

 

Viva o processo ágil

Por fim, é importante dizer que a agilidade precisa correr na veia da empresa, não é porque se adota o processo ágil que a empresa será ágil. Começar e saber  aprimorar no dia-a-dia é o que importa para aumentar a colaboração do time,  a confiança, melhorar a produtividade e trazer mais resultados para o cliente.

Descubra mais: Whitepaper – “Os 5 atributos chave do gestor de planejamento”

0

Projetos eficientes

Você tem clareza sobre os seus objetivos para empreender tanto na vida profissional quanto na vida pessoal? Se ao ouvir esse tipo de pergunta você se sente angustiado pois se vê imerso em uma série de atividades que te distanciam dos seus desejos, está na hora de conhecer o que é CANVAS.  

 


CANVAS – Auxílio na estruturação dos projetos

O CANVAS é uma ferramenta bastante eficiente que visa auxiliar no processo de estruturação de um projeto, tanto nos negócios como na vida pessoal. De forma geral, a ferramenta de CANVAS facilita o gerenciamento estratégico de um projeto existente ou mesmo que ainda está no papel. Trata-se de um mapa simples e visual que aborda os principais aspectos a serem considerados para que o projeto se torne realidade.

Embora o CANVAS não substitua o tradicional plano de negócios, ele é uma ferramenta simplificada que pode ajudar no ganho de competitividade devido à agilidade que proporciona.   Para construir o seu CANVAS você deve preencher nove campos baseados em quatro pilares essenciais de estruturação. O mapa conta com um layout bem definido que você pode baixar no link que fornecemos ao longo do texto.

Com o mapa em mãos, você pode compreender um pouco melhor o que são os quatro pilares:  

  • Infraestrutura: diz respeito à avaliação dos recursos disponíveis para se chegar ao valor do produto ou do serviço pretendido. No campo pessoal, a estrutura pode ser habilidades e competências que você conta para promover sua mudança ou realizar seu projeto.  
  • Oferta: refere-se ao produto e serviço oferecido ao consumidor e sua proposta de valor. No campo pessoal, a oferta pode ser aquilo que você não é capaz de realizar e executar sozinho e necessita de auxílio para realizar seu objetivo.
  • Cliente: trata-se do seu público alvo, quem você pretende atingir com seu produto ou serviço. Nesse pilar também são avaliados os canais de contato com o consumidor (distribuição e marketing) e o relacionamento estabelecido durante e após a venda. Quando usamos o CANVAS para a execução de um projeto pessoal, o “cliente” pode ser nós mesmos, isto é, aquilo que precisamos fazer para nos sentirmos satisfeitos com nossas atividades em prol de nosso objetivo.
  • Finanças: abrangem custos gerais e as fontes de receita da empresa. Durante o processo de modelagem e ideação de uma empresa, recomenda-se que o quadro seja completado com post its para facilitar o processo de preenchimento e visualização, incentivando a reflexão sobre aspectos, dificuldades e vantagens relativos ao seu projeto.

 

 


Por que fica mais fácil inovar com o CANVAS?

O CANVAS possibilita que você tenha uma visão objetiva do seu projeto, fazendo com que você entenda melhor o potencial da sua futura empresa e possa atingir seus objetivos com maior assertividade. O CANVAS proporciona clareza, direcionando a ação e consequentemente aproximando você dos resultados que deseja.   Além de ser útil para negócios que estão começando, o CANVAS também ajuda as empresas a reverem seu modelo de negócio e como seus setores interagem permitindo assim que se inove em processos internos.



Model Canvas curvas

Baixar tela modelo CANVAS em alta resolução

 

Quer saber mais sobre gerenciamento de projetos? Então continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre o software HINC. Nós oferecemos diversas soluções permitindo que você gerencie planos de ação, indicadores de desempenho, fluxo de informações, agendas de equipes, comunicação entre projetos e usuários; tudo de forma integrada e muito segura.

0