Top 8 benefícios do Business Analytics em construtoras e incorporadoras


Publicado12.01.2022

A análise de dados já é uma ferramenta indispensável para trazer mais precisão e eficiência na tomada de decisão de empresas, incluindo incorporadoras e construtoras. E, nesse contexto, o Business Analytics é uma tendência que vem ganhando força.

Neste post, veja o que é Business Analytics, as diferenças e semelhanças com Business Intelligence e quais são os principais benefícios da análise de dados para a construção civil. Acompanhe!

O que é Business Analytics?

Business Analytics (BA) é a análise e avaliação dos dados que uma empresa possui, sejam eles internos ou externos. Traduzido como Análise de Negócios, essa prática tem como diferencial oferecer mais previsibilidade às ações da organização, munindo-as com informações estratégicas para a sua tomada de decisão.

Ao aplicar as tecnologias de Business Analytics, as empresas podem gerar diversos relatórios gerenciais, que trazem parâmetros quantitativos e qualitativos que, considerando o histórico dos dados gerados, permitem a realização de análises aprofundadas.

Com isso, é possível realizar análises preditivas que ajudam a direcionar metas, mapear tendências, agilizar a mudança de rumos e verificar a viabilidade de cada projeto. Por conta disso, o BA consegue trazer mais agilidade operacional, promover a otimização de estratégias e proporcionar a entrega de melhores resultados.

Business Analytics x Business Intelligence: diferenças e semelhanças

Business Intelligence (BI) pode ser definido como um conjunto de processos, metodologias e ferramentas que ajudam as empresas a coletar e mensurar variáveis de modo a extrair conhecimento dos dados que geram.

As aplicações de BI permitem visualizar as informações de forma mais clara, permitindo a criação de relatórios e a análise de performance de cada setor da organização. Assim, elas auxiliam o gestor no planejamento estratégico da companhia.

O Business Intelligence é aplicado nos negócios, principalmente, para gerar insights por meio da análise dos dados e da comparação com o histórico da empresa.

Já o Business Analytics leva a inteligência do BI mais à frente. Isso porque ele se aproxima mais da Data Science (ciência de dados), fazendo análises e estudo de dados e utilizando os padrões identificados nas informações geradas pela empresa na construção de modelos preditivos.

Por meio de tecnologias como Big Data, Inteligência Artificial e Machine Learning, o BA permite, por exemplo, antecipar cenários, sejam eles relacionados às vendas, ao budget, aos clientes ou à detecção de fraudes.

Podemos afirmar, portanto, que o Business Intelligence antecede o Business Analytics, em uma relação de complementaridade. Ambas são ferramentas para melhorar a tomada de decisão da empresa, utilizando metodologias diferentes para isso.

Enquanto o BI define como os dados serão coletados e analisados, entregando insights sobre as ações corporativas, o BA coloca em prática o conhecimento gerado pelo BI para prever cenários e dar suporte à tomada de decisões.

Em outras palavras, o Business Intelligence é responsável por analisar a situação atual da organização com base em dados do presente e do passado. 

Por sua vez, o Business Analytics se encarrega de se utilizar dessa análise para fazer previsões, complementando-as com técnicas de uso de dados mais inteligentes e precisas.

Benefícios da análise de dados na rotina de construtoras e incorporadoras

1. Reduz custos operacionais

O Business Analytics promove a redução de gastos em todas as áreas da empresa. Isso se dá, principalmente, pela economia de tempo que ele gera. 

Mas não é só isso: o BA consegue promover a modernização de processos e aumentar a capacidade da organização de entender e prever cenários.

Na construção civil, por exemplo,os modelos BIM geram modelos em 3D a partir da inserção de dados do projeto e da obra, que permitem reduzir desperdícios e otimizar o uso de materiais e mão de obra e antever problemas e soluções antes de chegar ao canteiro.

2. Melhora o atendimento

O BA também se apresenta como uma importante ferramenta de análise de mercado. Ao extrair conhecimento das informações relacionadas aos clientes, as empresas conseguem otimizar – ou desenvolver – serviços e produtos para melhor atender seus consumidores.

Para construtoras, o Business Analytics pode ser utilizado para facilitar a comunicação entre os desejos do cliente no projeto e os engenheiros responsáveis pelo empreendimento, reduzindo as chances de erro e otimizando o retorno sobre o investimento.

3. Otimiza projetos

Devido à sua capacidade de cruzar dados e identificar padrões, o Business Analytics se tornou um importante aliado para otimizar planos e projetos. 

A partir das análises preditivas e alinhadas ao uso do BIM, por exemplo, construtoras e incorporadoras podem antever uma série de parâmetros relacionados ao cronograma, a compra e o uso de materiais, locais de entrega, tipos de obra e até mesmo dados sobre os projetos das empresas concorrentes.

4. Gera insights confiáveis

Como se baseia em informações concretas e reais da empresa e do mercado em que ela está inserida, a análise de dados consegue gerar insights muito mais confiáveis e precisos. 

Com isso, o gestor pode utilizá-la com segurança, uma vez que pode ter total confiança de que o conhecimento gerado a partir dessa análise teve como base acontecimentos operacionais reais da empresa.

5. Minimiza erros e falhas

As ferramentas de análise de dados trazem mais assertividade para a execução de tarefas e para o desenvolvimento de estratégias, promovendo uma redução na ocorrência de falhas e erros. Como resultado, há um aumento na produtividade.

6. Otimiza a gestão de obras

Um dos grandes desafios da construção civil é fazer a gestão de obras de forma eficaz. A análise de dados, por meio de Business Analytics e Intelligence, permite às empresas acompanhar os KPIs das principais atividades, inclusive sobre custos, prazos, materiais etc.

7. Agiliza o planejamento

As ferramentas de análise de dados conferem à organização uma capacidade de lidar com grandes volumes de informações que ela tinha antes. Como resultado, o gestor pode ter todos os dados relevantes para atuação da empresa em suas mãos, sempre que precisar.

Sem precisar se basear em “achismos” e intuições, isso se reflete em uma maior agilidade para definir metas, concluir o planejamento e, mais à frente, adaptar cada etapa conforme a necessidade.

8. Facilita o controle financeiro

Business Analytics e BI não trazem ganhos apenas do ponto de vista operacional. Ao permitir a análise de dados referente à receita da empresa, gerando relatórios e gráficos, torna-se mais fácil controlar despesas, alocar melhor os recursos e, assim, potencializar os lucros.

Vale dizer que os dados que vão alimentar as aplicações de Business Analytics geralmente são gerados por meio de software ERP. No entanto, por mais que o volume e informações captadas seja satisfatório, é indispensável ter uma ferramenta integrada que ajude a criar indicadores importantes para a empresa.

Se você precisa de  indicadores e dashboards alinhados à estratégia de negócios da sua construtora ou incorporadora, fale com nossos especialistas e conheça os Dashboards de BA do Hinc.