Por que utilizar uma ferramenta de BI na construção civil?


Por que utilizar uma ferramenta de BI na construção civil?

Quando falamos de Business Intelligence (BI) na construção civil, nos referimos aos processos para utilizar os dados que as empresas têm à sua disposição para embasar a tomada de decisões mais estratégicas.

A chamada inteligência de negócios é um passo importante para que construtoras e incorporadoras adotem uma gestão orientada por dados. Isso permite que todas as decisões, desde o projeto à execução, sejam guiadas por informações reais e confiáveis, e não em intuições ou achismos.

Ao centralizar e unificar os dados da empresa, uma ferramenta de BI torna o gerenciamento da empresa – tanto de questões administrativas quanto do canteiro de obras – muito mais eficiente.

Com dados e indicadores relevantes em mãos, fica mais ágil fazer um planejamento mais assertivo e preciso, otimizando a alocação de recursos (humanos, financeiros, materiais e tecnológicos) e reduzindo perdas e atrasos. 

A seguir, vamos nos aprofundar nas vantagens das ferramentas BI para a construção civil e em sua aplicação. Boa leitura!

Quais os benefícios que o uso de BI oferece para a construção civil?

A partir da coleta e análise de dados, uma ferramenta de BI traz ganhos interessantes para as empresas da construção civil, proporcionados, sobretudo, por uma tomada de decisões mais estratégica e embasada.

Isso ocorre porque esse tipo de ferramenta monitora os dados da organização e também do mercado, criando relatórios e permitindo comparações históricas. Assim, é possível identificar tendências, reconhecer gargalos e falhas e aproveitar melhor as oportunidades de mercado.

E, com isso, colhem-se benefícios importantes, entre eles:

Acompanhar o desempenho

Uma ferramenta de BI favorece o controle do desempenho das equipes, inclusive de forma individualizada para cada colaborador. Assim, facilita a identificação de quedas na performance do time, bem como períodos de melhoria.

Dessa forma, os gestores conseguem agir com mais rapidez para evitar momentos de baixa produtividade que podem acabar gerando atrasos ou prejudicando o andamento de um determinado projeto.

Leia mais: Importância do indicador de desempenho na construção civil

Definir estratégias eficientes

A gente sabe que o setor da construção civil tem de lidar diariamente com uma quantidade muito grande de variáveis, que vão desde indicadores financeiros ao controle da obra em si. Nesse sentido, sem auxílio da tecnologia para coletar e organizar esses dados, todo o planejamento estratégico pode sair com erros que passam despercebidos e ser pouco confiável.

Por isso, com uma ferramenta de BI, as empresas conseguem definir estratégias mais eficientes a partir de informações confiáveis e sempre atualizadas. E, com essas informações em mãos, comparar e ter uma visão ampla do mercado e das suas próprias atividades, fica mais fácil saber qual caminho seguir e o que deve ser corrigido.

Leia mais: O que é e como fazer um planejamento estratégico na construção civil

Otimizar recursos

Quando os indicadores e dados mais relevantes são monitorados e controlados continuamente, é mais fácil encontrar fontes de despesas e gastos excessivos. E isso vale tanto para o uso de materiais e serviços no canteiro de obra quanto para os processos internos na gestão da empresa.

Entre os resultados observados, temos não só o melhor uso de recursos, como também a eliminação de atividades que desviem o foco do core business e uma melhor contenção de despesas. Tudo isso favorece a rentabilidade do negócio.

Aumentar a produtividade

A ferramenta de BI quando conta com dashboards agiliza a coleta e a análise de dados, além de relatórios e gráficos que auxiliam os gestores nas suas decisões. Se todo esse processo fosse feito manualmente por colaboradores, certamente levaria muito mais tempo e muitas oportunidades se perderiam no caminho.

Dessa forma, a tecnologia gera um aumento considerável na produtividade dos times, tanto nas atividades administrativas (como o controle financeiro) quanto na gestão das obras. E mais produtividade é sinônimo de mais rentabilidade.

Leia mais: Saiba tudo sobre as metodologias ágeis de gestão de projetos

Reduzir erros

Como vimos, o uso de uma ferramenta de BI torna a gestão mais assertiva, porque ela reduz a possibilidade de erros e falhas humanas no registro dos dados e nas análises dessas informações, eliminando também possíveis vícios e vieses.

Com dados mais precisos e confiáveis à disposição, as empresas conseguem desenvolver melhores estratégias e executar tarefas com maior precisão.

Leia mais: Painel dashboard: a tecnologia perfeita para sua construtora

Como aplicar ferramenta de BI em construtoras e incorporadoras?

Utilizar uma ferramenta de BI é um passo estratégico para trazer a cultura de dados para dentro das construtoras e incorporadoras, otimizando a rotina das empresas.

No entanto, para que essa implementação aconteça da maneira adequada, é necessário considerar alguns pontos-chave. Destacamos:

  • Escolha da ferramenta: o sistema escolhido faz toda a diferença para trazer as vantagens que citamos acima. O ideal é investir em ferramentas especializadas no setor, pois contam com funcionalidades adequadas para atender às demandas das empresas da construção civil.
  • Integração de informações: os dados podem ser coletados tanto de fontes internas quanto externas. Para que as análises possam ser feitas com eficiência, a ferramenta de BI escolhida deve ser capaz de centralizar essas informações, integrando-se a quaisquer outros sistemas em uso, como CRM, ERP ou Sienge, por exemplo, por meio de APIs oficiais.
  • Criação e monitoramento de KPIs: é preciso que a empresa crie e monitore os indicadores de desempenho mais relevantes para ela. É fundamental que eles sejam acompanhados pela ferramenta de BI para que se tenha uma visão clara da efetividade das medidas colocadas em prática e dos resultados obtidos.

O Hinc é uma ferramenta voltada para a gestão de alto desempenho de empresas da construção civil. Os dashboards BI do Hinc são focados em indicadores financeiros, de engenharia e de comercial, o que permite a análise dos principais indicadores do setor da construção, com acesso rápido e claro.

Além disso, é possível realizar o planejamento estratégico e criar planos de ação para colocar em ações gerenciáveis as melhorias necessárias nos KPIs, facilitando a gestão de projetos e a visualização das etapas por meio do Kanban. Tudo dentro de uma mesma plataforma. O resultado é um aumento da produtividade e uma gestão facilitada e focada em resultados. Como vimos, no mercado atual, a gestão de dados é fundamental para a construção civil. Pensando nisso, criamos o material Indicadores de performance: descubra os mais usados por construtoras de sucesso para você conhecer o que deve ser acompanhado e as vantagens de fazer isso. Baixe agora!